| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Folha do Delegado
Desde: 12/01/2011      Publicadas: 2101      Atualização: 14/12/2013

Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS


 ARQUIVO POLICIAL

  17/02/2011
  0 comentário(s)


Crime da mala (1928)

Giuseppe Pistone e Maria Féa a bordo do navio Conte Biancamano

Crime da mala (1928)
Crime da mala (1928)
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


O crime da mala foi um crime ocorrido em 1928 no Brasil, quando o imigrante italiano Giuseppe Pistone assassinou sua esposa Maria Fea e ocultou o corpo em uma mala. O episódio ganhou amplo destaque na imprensa da época, gerando consequentemente uma grande comoção entre a população.
Índice

História
Chegada ao Brasil

Giuseppe Pistone e Maria Mercedes Fea conheceram-se em 1925 a bordo de um navio que seguia de sua terra natal, Itália, para Buenos Aires, Argentina. Ele, então com 31 anos de idade, buscava melhores condições de vida; ela, aos 20, ia visitar a mãe, que mudara-se para lá anos antes. Começaram a namorar e, quando Maria completou 21 anos, casaram-se, imigrando para o Brasil no navio Conte Biancamano.

Trabalhando na casa de salames e vinhos de seu primo Franceso Pistone em São Paulo, Giuseppe recebe deste uma proposta de sociedade. Sem o capital necessário, escreve um telegrama à sua mãe Marcelina Baeri, na Itália, pedindo um valor equivalente a 150,000 contos de réis, parte de uma herança deixada por seu pai. Mesmo diante da recusa da mãe, aceita a proposta do primo, pretendendo mais tarde extorqui-lo.

O crime

Maria Fea decidiu então escrever uma carta à sogra, revelando toda a verdade sobre os pedidos de dinheiro. Na manhã de 4 de outubro de 1928, Giuseppe descobre a carta. O casal briga, e Pistone sufoca a esposa com um travesseiro. Sem saber o que fazer com o corpo, decide ocultá-lo em uma mala, seccionando o joelho com uma navalha e quebrando o pescoço para que o cadáver coubesse na mesma. Usando endereços e nomes falsos, remete a mala à "Francesco Ferrero", em Bordeaux, França, através do navio Massilia.

No dia 7 de outubro de 1928 a mala é içada a bordo do navio, então atracado no Porto de Santos. Ao ser descarregada, sofre um pequeno impacto, que abre uma fresta na parte inferior e revela um forte mau cheiro. A mala é aberta, e o cadáver, em avançado estado de putrefação, descoberto. Junto a ele, além de algumas roupas da vítima (quinze pares de meia, duas almofadas, duas camisolas, duas saias comuns, uma saia com anágua, um chapéu) e a navalha utilizada no crime, estava um feto de uma menina, com aproximadamente seis meses de gestação.
Desfecho

As investigações conduzem a polícia até Giuseppe que, preso, falou que apenas discutira com a mulher e ela morrera de um mal súbito. Após o resultado da autópsia (morte por sufocação ou esganadura) alegou ter cometido o crime por encontrar sua esposa com um amante no apartamento do casal, versão que manteve mesmo após o testemunho de vizinhos, que ouviram a briga na manhã de 4 de outubro. Em 15 de julho de 1931, é condenado a 31 anos de prisão, por homicídio e ocultação de cadáver.

Em 13 de junho de 1944, através de um decreto presidencial, sua pena é comutada para 20 anos de prisão. Pistone é colocado em liberdade condicional em 3 de agosto do mesmo ano, e sua pena é considerada cumprida em 5 de novembro de 1948.[1] Consegue emprego em Taubaté, como zelador de um prédio. Volta a casar-se em 1949, vindo a falecer em 28 de junho de 1956.

O corpo de Maria Fea foi sepultado no Cemitério da Filosofia em Santos, e seu túmulo desde então virou alvo de uma espécie de peregrinação religiosa, com fiéis atribuindo a ela diversos tipos de milagres.

A mala encontra-se atualmente em exposição no Museu do Crime, em São Paulo.

Mídia

O episódio inspirou a realização de um filme, O Crime da Mala. Dirigido por Francisco Madrigano, foi lançado em 31 de outubro de 1928. O assassinato foi também tema de um episódio especial do programa Linha Direta. Exibido em 2 de junho de 2005, reconstituiu os principais momentos do crime, com Ana Paula Tabalipa no papel de Maria Féa e Gabriel Braga Nunes no papel de Giuseppe Pistone.
  Web site: pt.wikipedia.org/wiki/Crime_da_mala_(1928)  Autor:   pt.wikipedia.org


  Mais notícias da seção HOMICIDIO no caderno ARQUIVO POLICIAL
26/05/2011 - HOMICIDIO - O Crime de Olímpio Campos
Monsenhor Olímpio Campos, senador por Sergipe...
26/05/2011 - HOMICIDIO - O Crime de Fausto Cardoso
Fausto Cardoso era um espírito singular, de extremos. Passava da arrogância desmedida, em provocar lutas, à doçura da clemência, em conceder perdões; do silêncio do gabinete, onde era filósofo, lançava-se ao tumulto da praça pública, onde era revolucionário....
26/05/2011 - HOMICIDIO - O crime praticado por Gilberto Amado
No dia 20 de junho de 1915, tarde de sábado, um incidente doloroso causou a mais profunda impressão na população do Rio, então capital federal. O triste caso ocorreu à entrada do Jornal do Comércio, entre o deputado federal Gilberto Amado e o literato Aníbal Theófilo, no instante em que no salão do dito jornal realizava-se uma festa literária.*Foto...
17/02/2011 - HOMICIDIO - Caso Daniela Perez
Na tarde do dia 28 de dezembro, Daniella e Guilherme gravaram a cena do fim do romance de Yasmin e Bira, logo após a cena, o ator teve uma crise de choro e procurou inquieto por Daniella por diversas vezes no camarim, o que foi presenciado por camareiras do estúdio. Segundo as camareiras ele entregou a Daniella dois bilhetes mas a jovem se recusou ...
15/02/2011 - HOMICIDIO - Criminosos Fardados. Os Crimes que abalaram Sergipe
Na história dos crimes políticos, em Sergipe, ocorreu em 1907, em Nossa Senhora das Dores, um dos mais sangrentos. Um desses crimes hediondos, que definem uma situação, que envergonham um povo. Numa palavra, humilhantes para a civilização humana...
14/02/2011 - HOMICIDIO - A Morte do "Cara de Cavalo""
"Cara de Cavalo" era um bandidinho "pé de chinelo" que assaltava nos anos 60 pontos de jogo o bicho e pequenos comércios nas proximidades da antiga Favela do Esqueleto, onde hoje fica a UERJ....



Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS
Busca em

  
2101 Notícias


MEUS ARTIGOS
 

DROGAS

 

O CRACK DO OIAPOQUE AO CHUÍ

 

SEGURANÇA PUBLICA

 

Desarmar o povo é dar segurança aos marginais

 

DIVERSOS

 

APENAS UMA CARTA DE GRATIDÃO

 

DIVERSOS

 

O PROIBIDO REXSPY

 

DIVERSOS

 

O defunto que morreu duas vezes

 

DROGAS

 

O PODER SOBRENATURAL DO CRACK

 

DIVERSOS

 

UMA COMPARAÇÃO MITOLOGICA ENTRE OS AMORES DE ARES O DEUS DA GUERRA E LAMPIÃO O REI DO CANGAÇO

 

CRIMES SEXUAIS

 

O "ESTUPRADO"


CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS
 

DIVERSOS

 

Caso Carlinhos

 

HOMICIDIO

 

O Maniaco da Cruz

 

HOMICIDIO

 

Febrônio Índio do Brasil " O Filho da Luz

 

HOMICIDIO

 

o caso Andrei Chikatilo:

 

HOMICIDIO

 

O caso Ted Bundy:

 

DIVERSOS

 

Os casos de Charles Manson:

 

HOMICIDIO

 

Crimes eternamente insolúveis

 

HOMICIDIO

 

JACK O ESTRIPADOR (WHITECHAPPEL, LONDRES, INGLATERRA, 1888)


LIÇÕES DE VIDA
 

DIVERSOS

 

ABC da Cidadania

 

DIVERSOS

 

Professor saúda ABRAVIPRE e tradições libertárias do Ceará

 

DIVERSOS

 

Galinha Tonta

 

DIVERSOS

 

A morte de Josué de Castro no exílio


DESTAQUES
 

DIVERSOS

 

Meritíssimo

 

SEGURANÇA PUBLICA

 

Insegurança nossa de cada dia

 

JORNALISMO

 

85 anos da Independência: Ode ao Quatro de Outubro

 

DIVERSOS

 

Sustentabilidade que não é a Ambiental


DIREITO & JUSTIÇA
 

JUSTIÇA

 

O juiz, a imprensa, o mensalão

 

DIVERSOS

 

MEDIDAS PROTETIVAS DA LEI MARIA DA PENHA CONFERE CAPACIDADE POSTULATÓRIA À MULHER

 

DIVERSOS

 

O GIGANTE DESPERTOU E AGORA QUER ACESSO À JUSTIÇA

 

DIVERSOS

 

DIREITO PENAL E O TERROR DE ESTADO. EU VOU P"RÁ RUA, SIM!

 

DIVERSOS

 

Ex-senador Demóstenes Torres é denunciado por corrupção passiva pelo MP-GO

 

DIVERSOS

 

N O T A D E R E P Ú D I O


ARTIGOS DE OUTROS AUTORES
 

SEGURANÇA PUBLICA

 

CRIMES DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, DE CONSTITUIÇÃO DE MILÍCIA PRIVADA E DE ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA E PRISÃO TEMPORÁRIA : UMA LACUNA LEGAL

 

DIVERSOS

 

Peregrino, seu destino é caminhar

 

DIVERSOS

 

CRIME ORGANIZADO: NOVA LEI 12.850/13 E O PROBLEMA DA CONDUTA DOS AGENTES INFILTRADOS NO COMETIMENTO DE INFRAÇÕES PENAIS

 

DIVERSOS

 

As letras e a paz

 

DIVERSOS

 

O Advogado no universo jurídico

 

DIVERSOS

 

Presos e Esperança

 

DIVERSOS

 

A inesquecível Nova Acauan

 

DIVERSOS

 

Mídia será alvo das manifestações


CRIMINOSOS CRUEIS
 

DIVERSOS

 

Horror absoluto: o genocídio silencioso

 

HOMICIDIO

 

O perigo mora ao lado

 

DIVERSOS

 

Uma sociedade de matadores

 

HOMICIDIO

 

BELEZA MEDONHA

 

DIVERSOS

 

HITLER E A CRUZ JAÍNA OU SUÁSTICA

 

DIVERSOS

 

O MÉDIUM DO ANTICRISTO