| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Folha do Delegado
Desde: 12/01/2011      Publicadas: 2101      Atualização: 14/12/2013

Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS


 LIÇÕES DE VIDA
  09/07/2012
  0 comentário(s)


DISSERTAÇÃO DE MESTRADO NA USP por um PSICÓLOGO
Psicólogo varreu as ruas da USP para concluir sua tese de mestrado da
'invisibilidade pública'. Ele comprovou que, em geral, as pessoas
enxergam apenas a função social do outro. Quem não está bem posicionado
sob esse critério, vira mera sombra social.
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO NA USP por um PSICÓLOGO
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO NA USP por um PSICÓLOGO

'O HOMEM TORNA-SE TUDO OU NADA, CONFORME A EDUCAÇÃO QUE RECEBE'

'Fingi ser gari por 1 mês e vivi como um ser invisível'


Psicólogo varreu as ruas da USP para concluir sua tese de mestrado da
'invisibilidade pública'. Ele comprovou que, em geral, as pessoas
enxergam apenas a função social do outro. Quem não está bem posicionado
sob esse critério, vira mera sombra social.

Plínio Delphino, Diário de São Paulo.

O psicólogo social Fernando Braga da Costa vestiu uniforme e trabalhou
um mês como gari, varrendo ruas da Universidade de São Paulo.

Ali,constatou que, ao olhar da maioria, os trabalhadores braçais são 'seres
invisíveis, sem nome'.

Em sua tese de mestrado, pela USP, conseguiu comprovar a existência da 'invisibilidade pública', ou seja, uma percepção humana totalmente prejudicada e condicionada à divisão social do trabalho, onde enxerga-se somente a função e não a pessoa. Braga trabalhava apenas meio período como gari, não recebia o salário de R$ 400 como os colegas de vassoura, mas garante que teve a maior lição
de sua vida:

'Descobri que um simples bom dia, que nunca recebi como gari, pode significar um sopro de vida, um sinal da própria existência', explica o pesquisador.

O psicólogo sentiu na pele o que é ser tratado como um objeto e não como um ser humano. 'Professores que me abraçavam nos corredores da USP passavam por mim, não me reconheciam por causa do uniforme. Às vezes, esbarravam no meu ombro e, sem ao menos pedir desculpas, seguiam me ignorando, como se tivessem encostado em um poste, ou em um orelhão', diz. No primeiro dia de trabalho paramos pro café. Eles colocaram uma garrafa térmica sobre uma plataforma de concreto. Só que não tinha caneca. Havia um clima estranho no ar, eu era um sujeito vindo de outra classe, varrendo rua com eles. Os garis mal conversavam comigo, alguns se aproximavam para ensinar o serviço. Um deles foi até o latão de lixo pegou duas latinhas de refrigerante cortou as latinhas pela metade e serviu o café ali, na latinha suja e grudenta. E como a gente estava num grupo grande, esperei que eles se servissem primeiro.

Eu nunca apreciei o sabor do café. Mas, intuitivamente, senti que deveria tomá-lo, e claro, não livre de sensações ruins. Afinal, o cara tirou as latinhas de refrigerante de dentro de uma lixeira, que tem sujeira, tem formiga, tem barata, tem de tudo. No momento em que empunhei a caneca improvisada, parece que todo mundo parou para assistir à cena, como se perguntasse:

'E aí, o jovem rico vai se sujeitar a beber nessa caneca?' E eu bebi. Imediatamente a ansiedade parece que evaporou. Eles passaram a conversar comigo, a contar piada, brincar.

O que você sentiu na pele, trabalhando como gari?

Uma vez, um dos garis me convidou pra almoçar no bandejão central. Aí eu entrei no Instituto de Psicologia para pegar dinheiro, passei pelo andar térreo, subi escada, passei pelo segundo andar, passei na biblioteca, desci a escada, passei em frente ao centro acadêmico, passei em frente a lanchonete, tinha muita gente conhecida. Eu fiz todo esse trajeto e ninguém em absoluto me viu.

Eu tive uma sensação muito ruim. O meu corpo tremia como se eu não o dominasse, uma angustia, e a tampa da cabeça era como se ardesse, como se eu tivesse sido sugado. Fui almoçar, não senti o gosto da comida e voltei para o trabalho atordoado.

E depois de um mês trabalhando como gari? Isso mudou?

Fui me habituando a isso, assim como eles vão se habituando também a situações pouco saudáveis. Então, quando eu via um professor se aproximando - professor meu - até parava de varrer, porque ele ia passar por mim, podia trocar uma idéia, mas o pessoal passava como se tivesse passando por um poste, uma árvore, um orelhão.

E quando você volta para casa, para seu mundo real?

Eu choro. É muito triste, porque, a partir do instante em que você está
inserido nessa condição psicossocial, não se esquece jamais.

Acredito que essa experiência me deixou curado da minha doença burguesa.

Esses homens hoje são meus amigos. Conheço a família deles, freqüento a casa deles nas periferias. Mudei. Nunca deixo de cumprimentar um trabalhador.

Faço questão de o trabalhador saber que eu sei que ele existe.

Eles são tratados pior do que um animal doméstico, que sempre é chamado pelo
nome. São tratados como se fossem uma 'COISA'.

*Ser IGNORADO é uma das piores sensações que existem na vida!
  Autor:   Plínio Delphino, Diário de São Paulo.


  Mais notícias da seção DIVERSOS no caderno LIÇÕES DE VIDA
05/10/2013 - DIVERSOS - ABC da Cidadania
A Prefeitura de Vitória promoveu o lançamento solene de uma nova edição do ABC da Cidadania....
05/10/2013 - DIVERSOS - Professor saúda ABRAVIPRE e tradições libertárias do Ceará
Fico feliz agora que ele e tantos outros valentes cearenses tenham se reunido para a criação da ABRAVIPRE (Associação Brasileira de Apoio a Vítimas de Preconceito Religioso). ...
21/05/2013 - DIVERSOS - Galinha Tonta
"Galinha Tonta", o poliglota de São Francisco-MG que ensina três idiomas estrangeiros...
07/01/2013 - DIVERSOS - A morte de Josué de Castro no exílio
"Não se morre apenas de infarto agudo do miocárdio ou de glomeronefrite crônica, se morre também de saudades" (Josué de Castro)...
26/12/2012 - DIVERSOS - O heroísmo das parteiras tradicionais
O isolamento e a ausência da ação do Estado em diversas regiões do globo tornaram imprescindível o trabalho das parteiras tradicionais, sendo a maioria detentora de conhecimentos empíricos transmitidos de geração a geração, pois a preservação das técnicas de como realizar partos de forma mais eficiente possível vem possibilitando a salvação de inúm...
02/11/2012 - DIVERSOS - O Ultimo Discurso
Sinto muito, mas não pretendo ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não pretendo governar ou conquistar quem quer que seja. Gostaria de ajudar - se possível - judeus, o gentio ... negros ... brancos....
17/10/2012 - DIVERSOS - UMA BELA AULA DE DIREITO e de CIDADANIA.
Uma manhã, quando nosso novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala...
30/09/2012 - DIVERSOS - Conquista da paz
A grande maioria das pessoas se preocupa com a conquista da paz... Da tão sonhada paz....
30/09/2012 - DIVERSOS - O exemplo
Havia um garoto que, nos seus quase oito anos, adquirira um hábito nada salutar....
30/09/2012 - DIVERSOS - Tormenta e paz
Tempestade! Os ventos fortes e as chuvas torrenciais se unem em espetáculo dantesco....
30/09/2012 - DIVERSOS - Conhecendo o coração
Rachel estava iniciando sua carreira na medicina e começou a atender os seus próprios pacientes. A primeira pessoa que lhe coube atender foi uma viúva de 84 anos, com uma insuficiência cardíaca das mais simples....
09/09/2012 - DIVERSOS - ARACY DE CARVALHO GUIMARÃES ROSA, UMA MULHER EXTRAORDINÁRIA!
Aracy de Carvalho Guimarães Rosa (Rio Negro, Paraná, 1908) é uma senhora brasileira, segunda esposa do escritor João Guimarães Rosa. Aracy também é conhecida por ter seu nome escrito no JARDIM DOS JUSTOS ENTRE AS NAÇÕES, no Museu do Holocausto (Yad Vashem), em Israel, por ter ajudado muitos judeus a entrarem ilegalmente no Brasil durante o governo ...
05/09/2012 - DIVERSOS - Cólera
Antônio Sobreira, a caminho da garagem onde mantinha pequena frota de caminhões, foi ver a mãezinha doente, que lhe pediu, logo após rápidos instantes de conversa:...
09/07/2012 - DIVERSOS - Irena Sendler
Durante a 2ª Guerra Mundial, Irena conseguiu uma autorização para trabalhar no Gueto de Varsóvia, como especialista de canalizações. ...
27/05/2012 - DIVERSOS - Sabedoria de Avó...
Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de vinho do Porto...
21/05/2012 - DIVERSOS - Quando o inimigo ATACA...
Normalmente as Setas Inflamadas do Maligno (SIM) têm um destino certo, são usadas para desistirmos de alguma coisa. Via de regra são lançadas exatamente naquela área onde Deus tem um proposito claro em nossas vidas. Casamento, profissão, relacionamentos, dinheiro, etc. ...
11/04/2012 - DIVERSOS - Como Deus emerge no processo evolucionário?
A nova cosmologia, derivada das ciências do universo, da Terra e da vida, vem formulada no arco da evoluçãoampliada. Esta evolução não é linear. Conhece paradas, recuos, avanços, destruições em massa e novas retomadas. Mas, olhando-se para trás, o processo mostra uma direção: para frente e para cima....
04/03/2012 - DIVERSOS - Ética da vida e da morte
Próximo da morte, o papa João Paulo II optou por morrer dentro dos muros do Vaticano, e não em Roma. Nos limites do território do Vaticano as possibilidades de prolongamento da vida eram restritas. Em Roma, um grande centro médico, a vida do papa seria prolongada indefinidamente. João Paulo preferiu que a morte seguisse seu curso....
19/01/2012 - DIVERSOS - "QUANDO DEUS NÃO QUER, NÃO HÁ QUEM QUEIRA".
(Para os que não crêem, é uma excelente história).Relatado em palestra do Rabino Issocher Frand...
01/01/2012 - DIVERSOS - A PRECE É PRÁTICA RELIGIOSA RECOMENDADA POR TODOS OS BONS ESPÍRITOS
Estudos diversos comprovaram a consequência favorável que a prece produz. O médico e pensador Alexis Carrel (1) dizia frequentemente que o importante não é acrescentar anos à sua vida, mas vida aos seus anos. ...
15/12/2011 - DIVERSOS - MORREU UM HERÓI
Pelotão, antes da batalha, comandado pelo Ten. Iporan...
10/12/2011 - DIVERSOS - A VIDA É CURTA
Parece haver em muitas pessoas uma aversão a regras, a leis, mesmo quando essas servem apenas para regular a vida em sociedade. Por isso, tão necessárias....
05/12/2011 - DIVERSOS - Guerra e Evolução
A Guerra é criação humana. A Evolução é uma Lei Divina e se processa até durante os nossos maiores desatinos. Na guerra, um homem treinado para o combate é chamado a distribuir afeto....
27/11/2011 - DIVERSOS - Irritada, idosa do CE manda carta a vereador após ofensa em plenário.
Diana Vasconcelos Do G1 CEAlmina Arraes diz ter sido ofendida por vereador do Crato (Foto: Almina Arraes / Agência Miséria)Almina escreveu livro com dicas sobre internet paraos amigos (Foto: Almina Arraes/Arquivo pessoal)...
27/11/2011 - DIVERSOS - Menina de 13 anos em conversa no msn (caso real)
Após deixar seus livros no sofá ela decidiu comer um lanche e entrar online. Conectou-se com o seu nome na tela:"Docinho14: "Revisou sua lista de amigos e viu que Meteoro123 estava conectado...
15/11/2011 - DIVERSOS - PRISÃO DE NEM - PM REJEITOU UM MILHÃO DE PROPINA
Sonho de PM que rejeitou R$ 1 milhão é comprar casa. Cabo André Souza foi exemplo na tropa esta semana também ao tentar salvar a vida do cinegrafista Gelson Domingos, assassinado em Antares, carregando-o nos braços...
14/11/2011 - DIVERSOS - Diário de um Cearense na Suíça
12 Agosto - Hoje me mudei para minha nova casa na Suíça. Um belo chalé nos Alpes. Que paz! Tudo aqui é tão bonito e silencioso. Os Alpes são tão majestosos. Quase que não posso esperar para vê-los cobertos de neve. Que bom haver deixado para trás o calor, a umidade, o tráfego, a violência, a poluição e aqueles brasileiros mal educados. Isto sim é q...
05/11/2011 - DIVERSOS - O ÚLTIMO FOLHETO
Todos os domingos à tarde, depois da missa da manhã na igreja, o velho Pastor e seu sobrinho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam folhetos sacros....
29/10/2011 - DIVERSOS - VÁRIOS ANOS DE PENSAMENTOS PERDIDOS
Luiz Gameleira de Barros era Açuense, mas registrado Mossoroense; ainda pequeno veio residir em Mossoró, em companhia da mãe, que ficara viúva logo que nasceu. Aos seis anos de idade, já ajudava a mãe, na profissão de engraxate, e até diziam que ele foi o primeiro engraxate de Mossoró. Os tempos foram se passando, o menino foi se formando, mas semp...
03/10/2011 - DIVERSOS - SOBRE A NOTA DE UM DOLAR
Em memoria a JAIM SALOMON pela ajuda do povo judeu na criação da República dos Estados Unidos em sua guerra de independência, Washington destacou sua ação de um modo muito especial....



Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS
Busca em

  
2101 Notícias


MEUS ARTIGOS
  DROGAS
  O CRACK DO OIAPOQUE AO CHUÍ
  SEGURANÇA PUBLICA
  Desarmar o povo é dar segurança aos marginais
  DIVERSOS
  APENAS UMA CARTA DE GRATIDÃO
  DIVERSOS
  O PROIBIDO REXSPY
  DIVERSOS
  O defunto que morreu duas vezes
  DROGAS
  O PODER SOBRENATURAL DO CRACK
  DIVERSOS
  UMA COMPARAÇÃO MITOLOGICA ENTRE OS AMORES DE ARES O DEUS DA GUERRA E LAMPIÃO O REI DO CANGAÇO
  CRIMES SEXUAIS
  O "ESTUPRADO"

DIREITO & JUSTIÇA
  JUSTIÇA
  O juiz, a imprensa, o mensalão
  DIVERSOS
  MEDIDAS PROTETIVAS DA LEI MARIA DA PENHA CONFERE CAPACIDADE POSTULATÓRIA À MULHER
  DIVERSOS
  O GIGANTE DESPERTOU E AGORA QUER ACESSO À JUSTIÇA
  DIVERSOS
  DIREITO PENAL E O TERROR DE ESTADO. EU VOU P"RÁ RUA, SIM!
  DIVERSOS
  Ex-senador Demóstenes Torres é denunciado por corrupção passiva pelo MP-GO
  DIVERSOS
  N O T A D E R E P Ú D I O
  DIVERSOS
  Uma constelação de pontos fora da curva
  DIVERSOS
  SALÁRIOS DO MINISTÉRIO PUBLICO E JUDICIÁRIO DA BAHIA

ARTIGOS DE OUTROS AUTORES
  SEGURANÇA PUBLICA
  CRIMES DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, DE CONSTITUIÇÃO DE MILÍCIA PRIVADA E DE ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA E PRISÃO TEMPORÁRIA : UMA LACUNA LEGAL
  DIVERSOS
  Peregrino, seu destino é caminhar
  DIVERSOS
  CRIME ORGANIZADO: NOVA LEI 12.850/13 E O PROBLEMA DA CONDUTA DOS AGENTES INFILTRADOS NO COMETIMENTO DE INFRAÇÕES PENAIS
  DIVERSOS
  As letras e a paz
  DIVERSOS
  O Advogado no universo jurídico
  DIVERSOS
  Presos e Esperança
  DIVERSOS
  A inesquecível Nova Acauan
  DIVERSOS
  Mídia será alvo das manifestações

DESTAQUES
  DIVERSOS
  Meritíssimo
  SEGURANÇA PUBLICA
  Insegurança nossa de cada dia